Provavelmente, você já se perguntou o que é uma fossa séptica ecologicamente correta.
Assim como você, várias pessoas têm essa mesma dúvida, no entanto, o mais importante é que é uma maneira mais econômica e sustentável de se tratar o esgoto de residências.
Quando se trata da água que chega até nossas casas, se não receber o tratamento adequado, aumenta os riscos de doenças.
Por exemplo, hepatite, verminoses e diarreias.
Só que os sistemas de saneamento básico muitas vezes não estão acessíveis em cidades do interior, áreas rurais e até mesmo nas periferias de grandes cidades.
Então, nesse artigo, vamos mostrar quais os benefícios da fossa séptica ecológica, como é feita a manutenção, a limpeza e muito mais.

O que é uma fossa séptica ecologicamente correta?

Primeiramente, a fossa séptica ecologicamente correta, também chamada de ecofossa, é uma alternativa para locais onde não chega o saneamento básico.
Entretanto, seja em áreas rurais ou até mesmo na periferia de grandes cidades, muitos ainda usam fossas negras ou despejam o esgoto próximos das casas.
Isso por que não recebem os serviços de coleta e tratamento de esgoto.
E quando esses efluentes não recebem o devido tratamento, põe em risco a saúde da população e sem falar dos efeitos negativos no ambiente.
Vale ressaltar que, cerca de 75% das internações hospitalares acontecem por conta de intoxicação ou ingestão de água contaminada.
Além disso, com uma maior preocupação com o meio ambiente, e uma vez que fossas sépticas são viáveis, por que não começar a implantá-las?
Antes de mais nada, vale entender mais o que é um saneamento básico.

O que é saneamento básico?

Então, saneamento básico é o conjunto de ações que têm por finalidade garantir a saúde das pessoas, através de sistemas de esgoto sanitário, de abastecimento de água e de destinação do lixo.
Além de proteger a saúde das pessoas, evita também a poluição do meio ambiente.
De acordo com o IBGE, 75% das residências rurais não possuem sistemas de tratamento ou destinação adequados de esgoto.
Dessa forma, tudo é despejado em fossas rudimentares, em valas ou mesmo diretamente no solo, ou em rios e lagoas.

Por que é importante o tratamento de esgoto

Provavelmente você já saiba, mas não custa nada relembrar:
O sistema de tratamento de esgoto é essencial para prevenir uma série de doenças, devido à ingestão de água contaminada.
Que doenças são essas?

Assim, além de prevenir essas doenças, ajuda na preservação do meio ambiente, onde a fossa séptica ecologicamente correta é a solução.
Mas como funcionam?

Como funciona a fossa séptica ecologicamente correta?

Agora que você já sabe que a fossa séptica ecologicamente correta é uma alternativa para locais que não contam com tratamento de esgoto, como funciona?
O processo é bem simples: nela, é feita a separação e transformação de matéria orgânica que está presente no esgoto.
Com o objetivo de não impactar o ambiente, a fossa séptica é dividida em 3 caixas d’água:

Porém, infelizmente, em muitos locais do Brasil, ainda existe a fossa negra, principalmente onde não existe Sistema de tratamento de esgoto.
Por isso que vale a pena entender um pouco a diferença entre fossa negra e uma ecofossa.

Qual a diferença entre fossa negra e fossa ecológica

Quando se trata de fossa negra, saiba que é a forma mais primitiva de saneamento, no entanto, ainda é utilizada em alguns lugares, especialmente aqueles sem acesso à rede de esgoto.
Na verdade, consiste em um buraco no solo, que pode ou não ser coberto, e para onde a água e os dejetos são lançados.
Por não ser estanque, o conteúdo pode infiltrar, contaminando assim o solo e o lençol freático.
Vale lembrar que é proibida em muitos Estados por conta dos riscos ao ambiente e, consequentemente, à saúde das pessoas.
Por outro lado, na fossa ecológica, os dejetos não entram em contato com o solo ou lençol freático.
Assim, a parte sólida passa por um processo de decomposição anaeróbia, que é sem a presença de oxigênio, reduzindo tanto a quantidade de matéria orgânica bem como levando menos prejuízo ao meio ambiente.
Conseguiu perceber porque a fossa séptica ecologicamente correta é a melhor alternativa à fossa negra?
Inclusive já está sendo instalada em vários municípios brasileiros que não contam com coleta e tratamento de esgoto.

Conheça os benefícios da fossa séptica ecologicamente correta

Os benefícios da fossa séptica ecologicamente correta são diversos. Veja os principais:

Agora, não é por que é ecologicamente correta, que essa fossa não precisa de limpeza.

Como é feita a limpeza?

No entanto, é preciso instalar uma caixa de limpeza com o intuito de impedir a entrada de lixos orgânicos, como plásticos, absorventes e fraldas.
Além de evitar esses dejetos, fica mais fácil retirá-los.
Recomenda-se também a construção de uma caixa de distribuição para o descarte do efluente, o que é feito através de uma vala de infiltração.
No que se refere à limpeza de fossa séptica ecologicamente correta, é essencial que seja feita por uma empresa especializada.
Pois isso é o que garante a sua segurança, sem causar nenhum dano à sua propriedade.
Além da limpeza, vale fazer uma manutenção periódica, uma vez que melhora bastante a vida útil da fossa séptica.

Qual a importância de contratar uma empresa profissional para limpeza e manutenção da fossa séptica ecologicamente correta?

Não é por que a fossa é ecologicamente correta que significa que não precisa de limpeza e manutenção.
Tenha em mente que, qualquer falha no sistema pode gerar um problema mais sério, desde a contaminação do solo até a ineficácia total da fossa séptica.
É muito importante também evitar a contaminação do sistema, sendo mais um motivo de uma empresa profissional fazer todo esse serviço.
Então, no momento de contratar uma empresa para realizar a limpeza e manutenção da fossa séptica ecologicamente correta, opte por quem tem experiência e conte com profissionais habilitados e treinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *